A Mídia Máxima!

Sempre tivemos a necessidade do entretenimento, de contar histórias. Seja através dos primórdios dos teatros e arenas gregas, ou dos livros. A sequência da evolução dessas mídias é bem interessante. O rádio adicionou o som, o cinema a imagem, a TV uniu os dois.

O barato é que, por mais que essas mídias fossem voltadas para o entretenimento, elas nunca conseguiram alcançar a interatividade necessária para transformar o expectador num verdadeiro participante da experiência.

Mas no ano de 1972, surge o que hoje podemos chamar de mídia máxima: a Atari lançava o vídeo-jogo PONG. Se não passava apenas de alguns pontos de pixels com mecânicas simples, essa faísca se tornaria mais tarde a imensa fogueira dos videogames do séc XXI.

Oras, por que mídia máxima?

Se a TV foi capaz de unir Imagem+Som, os jogos eletrônicos são a única forma de agregar efetivamente Imagem+Som+Interatividade. E veja bem, não só interatividade entre o usuário e a mídia em si, mas entre outros usuários, isso muito antes de qualquer rede social se tornar um fenômeno. A arte de se contar uma história foi elevada a um outro nível com a evolução dos videogames.

Roteiro, direção de arte, trilhas sonoras, construção de personagens, criação de cenários e realidades novas (ficcionais ou não), como no cinema mas somados a participação ativa do usuário tornaram os games a maior indústria de entretenimento atual. O resultado atual são de franquias interessantíssimas que conseguem comunicar cultura e informações. Assassins Creed por exemplo , série de jogos desenvolvidos pela produtora Ubisoft, coloca o jogador em períodos históricos distintos, recriando com clareza e precisão cidades e monumentos arquitetônicos que podem ser estudados e visitados minuciosamente.

E se o cinema tem a capacidade de arrancar as mais diversas emoções dos seus espectadores, com certeza os videogames fazem isso de forma muito superior. Quem não derramou lágrimas ao ver Aeris, heroína do aclamado Final Fantasy VII, ser morta pelo vilão Sephiroth? Ou então quando Agro, seu cavalo e companheiro na jornada solitária do game Shadow of the Colossus morre salvando sua vida?

Poderia escrever aqui por horas a fim demonstrando como os videogames são a mídia máxima de entretenimento presente hoje no mercado, ou como alguns games, assim como alguns filmes, podem ser considerados verdadeiras obras de arte. Mas deixemos isso para outros posts ok?

Infográfico - O tamanho da indústria dos vídeo games [infográfico]

Anúncios
Etiquetado , , , ,

Um pensamento sobre “A Mídia Máxima!

  1. […] semana publicamos um post sobre o papel dos games na mídia de […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: